Webinar: Eleições no Brasil 2022 – Dicas de investigação

Neste webinar de 75 minutos, reunimos quatro jornalistas experientes para trazer dicas, técnicas e ferramentas para repórteres interessados ​​em investigar diferentes aspectos das eleições brasileiras de 2022, como candidatos, desinformação, ataques nas redes sociais e também como desenvolver fontes e se manter em segurança durante a cobertura.

Investigando o tráfico ilegal de vida selvagem

O tráfico ilegal de animais e plantas silvestres está prejudicando a biodiversidade em todo o mundo e espalhando doenças. É uma história internacional, com grandes oportunidades para investigações em praticamente todos os países. O guia da GIJN incentiva a reportagem sobre o assunto com dicas e ferramentas para cobrir um comércio global.

Como jornalistas brasileiros usaram lei de acesso à informação para revelar pagamentos de pensões

Setenta reportagens e ainda contando. Esse é o principal resultado de uma luta contínua travada desde 2017 pela divulgação dos dados de todos os pagamentos de pensões e aposentadorias do governo brasileiro. Na linha de frente está a Fiquem Sabendo, uma agência de jornalismo especializada na Lei de Liberdade de Informação daquele país e membro da GIJN.

Silenciar a la prensa: una década de asesinatos de periodistas en América Latina

Las investigaciones periodísticas sobre la política, la corrupción y el crimen organizado en pequeñas y medianas ciudades de Brasil, México, Colombia y Honduras fueron la causa de 139 casos de asesinato de profesionales de los medios registrados por Reporteros sin Fronteras (RSF) entre 2011 y 2020. La mitad de estos periodistas había informado de que recibieron amenazas a causa su trabajo.