Como compartilhar documentos sensíveis, minerar o Twitter e monitorar alterações em sites

English

Quando se trata de gerenciamento de documentos, uma das minhas ferramentas favoritas é o DocumentCloud. Alguns dos excelentes recursos do DocumentCloud incluem sua capacidade de criar versões em texto de PDFs e gerar estatísticas a partir dos arquivos que você sobe no sistema. Mas e se você precisar analisar milhares ou até centenas de milhares de documentos? Então, provavelmente você vai querer dar uma olhada no Overview, uma ferramenta de mineração de documentos construída tendo jornalistas investigativos em mente. O Overview pode importar documentos de diversas fontes, incluindo o DocumentCloud, e pode manipular desde algumas dezenas de páginas até milhões de páginas.

Sobre a GIJN

English
A necessidade de um pelotão multinacional e sofisticado de repórteres investigativos nunca foi tão grande. Nós vivemos numa era globalizada, em que o comércio – e os crimes – são multinacionais. Jornalistas investigativos estão neste momento trabalhando em mais de uma centena de países, seguindo pistas e se conectando com seus colegas de uma forma mais organizada e mais profunda do que nunca. Eles se tornaram, de certa forma, as “forças especiais” do jornalismo global. Para terem sucesso, jornalistas em todo o mundo precisam do melhor treinamento e tecnologia para executarem seus trabalhos.

Associação à GIJN

English
A participação na Global Investigative Journalism Network está aberta a organizações sem fins lucrativos, ONGs e organizações educacionais, ou suas equivalentes, que trabalham ativamente em apoio ao jornalismo investigativo e ao jornalismo de dados relacionado a investigações. Jornalistas individuais, a maioria das empresas com fins lucrativos e entidades governamentais não são elegíveis para participar. O jornalismo investigativo é definido como apurações e reportagens sistemáticas, profundas e originais, geralmente envolvendo a descoberta de segredos e o uso intensivo de registros públicos, com foco na justiça social e em fiscalização do poder. Para mais informações sobre isso, consulte o Centro de Recursos da GIJN. A filiação à GIJN é por aplicação e está sujeita à aprovação do Conselho de Diretores.

Definindo jornalismo investigativo

English
Embora as definições de reportagem investigativa variem, entre os grupos de jornalismo profissional há amplo consenso sobre seus principais componentes:  apurações e reportagens sistemáticas, profundas e originais, geralmente envolvendo a descoberta de segredos. Outros observam que sua prática geralmente envolve o uso intensivo de registros públicos e dados, com foco na justiça social e fiscalização do poder. “A investigação a partir de histórias”, um manual de jornalismo investigativo publicado pela UNESCO, define desta maneira: ““O jornalismo investigativo envolve a exposição ao público assuntos que são ocultados – deliberadamente por alguém em posição de poder, ou acidentalmente, por trás de uma massa caótica de fatos e circunstâncias que obscurecem o entendimento. Ele requer o uso de fontes e documentos secretos e abertos”. O grupo de jornalismo investigativo holandês-flamenco VVOJ define reportagem investigativa simplesmente como “jornalismo crítico e aprofundado”.

Acesso à informação

English
Abaixo estão alguns dos melhores recursos para jornalistas que buscam formular pedidos de acesso à informação em países que possuem leis que regulamentam esse tipo de acesso. É bom lembrar que, embora mais de 100 países tenham leis que exigem que os funcionários entreguem informações públicas, muitos outros países não têm leis que especifiquem se esses dados e documentos devem ou não ser disponibilizados. Nunca é demais perguntar. Você tem algo a adicionar ou atualizar? Envie um e-mail para hello@gijn.org

INTERNACIONAL

Freedominfo.org traz links para as leis de países específicos, histórias e outros recursos.

Ajuda emergencial para jornalistas

English
Nossos colegas jornalistas estão sob ameaça em todo o mundo. Desde 1992, mais de mil jornalistas foram mortos e outros milhares são vítimas de agressão, intimidação, aprisionamento e perseguição. Várias organizações fornecem suporte emergencial para jornalistas em perigo. As assistências variam de ajuda médica e legal à remoção de um jornalista alvo para fora do país. Se você estiver em perigo, não hesite em entrar em contato – há ajuda disponível.